MUTE

MUTE

Direção Criativa e Ideia Original do espetáculo MUTE, integrado no programa de apoio à criação do Imaginarius 2016.

MUTE é um espetáculo intimista, uma experiência sensorial que nos permite transportar para uma realidade sensível próxima ou longínqua do nosso quotidiano. MUTE é uma viagem a um silencio ensurdecedor e desconcertante, que nos desperta para uma questão social. A experiência resultante deste espetáculo permite aproximar a emoção da negação social, abordando um estanho desconforto que nos conduz a uma surdez temporária.

MUSICA | DANÇA | PERFORMANCE
M/6 | 25 minutos

FICHA ARTÍSTICA
Autoria: Daniel Vilar [Bússola]
Direção Criativa: Bruno Costa e Daniel Vilar [Bússola]
Direção Musical: David Santos [Noiserv]
Direção de Movimento: Susana Otero [Ballet Contemporâneo do Norte]
Assistência à Direção de Movimento: Carlos Silva [Ballet Contemporâneo do Norte]
Interpretação: EREBAS Feira
Desenho de Luz: Daniel Oliveira
Figurinos: Jordaan Santos
Produção: Marco Santos [Imaginarius]

VERTICO

VERTICO

Consultoria Criativa e apoio ao desenvolvimento do espetáculo de grande formato VERTICO, uma coprodução de agentes criativos de Santa Maria da Feira, em estreia no Imaginarius 2016.

VERTICO é uma reflexão do anseio humano de ascensão na sociedade. A ambição de chegar ao topo e o medo de uma descida vertiginosa caminham lado a lado naquilo que podemos chamar de odisseia da ascensão social. A obsessão pelo topo mais alto leva-nos à mais cega das loucuras e consequentemente à nossa própria destruição.

VERTICO é um espetáculo urbano que cruza múltiplas linguagens artísticas num jogo com a verticalidade. Movimento, videomapping, acrobacia, parkour e música ao vivo são alguns dos elementos do projeto. VERTICO é euforia, é ambição, é frustração, é caos… VERTICO é o despertar da metamorfose do homem quando inicia a sua odisseia de ascensão.

TEATRO | PERFORMANCE | MÚSICA | MULTIMEDIA
M/6 | 30 minutos

FICHA ARTÍSTICA
Ideia Original: Paulo Santos [Décadas de Sonho]
Direção Artística e Encenação: Alex Barone, Paulo Santos [Décadas de Sonho] e Lígia Lebreiro [Companhia Persona]
Consultoria Criativa: Bruno Costa e Daniel Vilar [Bússola]
Direção Musical: Simão Valinho [Shared Files]
Interpretação Musical: Bruno Pais, Rita Pinto e Simão Valinho [Shared Files]
Coreografia: Helena Oliveira
Interpretação: Alfra Teixeira, Armando Volta, Dinei Alkmim, Isabel Vieira, Marta Costa, Ricardo Oliveira, Tatiana Sousa e Tiago Volta
Cenografia e Figurinos: Lígia Lebreiro [Companhia Persona] e Paulo Santos [Décadas de Sonho]
Vídeo, Multimédia e Videomapping: Alex Barone [Tundra Filmes] e Lígia Lebreiro [Companhia Persona]

QUO

QUO

Consultoria Criativa ao desenvolvimento do espetáculo QUO, uma criação intermedia site-specific inspirada na história de Santa Maria da Feira e apresentada nas comemorações dos 500 Anos de Foral da Feira e Terra de Santa Maria, integrada na edição 2014 do Imaginarius.

“QUO” é uma interrogação. “QUO” é uma viagem idílica ao mundo imaginário que habita por detrás da realidade. “QUO” é uma transfiguração do nosso tempo e do nosso passado. “QUO” é imaginar o nosso futuro.

Entre a história, o sonho e a realidade, percorreremos um trilho único de memórias e imaginação, rumo a uma meta acessível a qualquer um de nós.

“QUO” é um espetáculo de videomapping e intermedia que nos transporta para uma realidade paralela, para lá do nosso olhar… para bem longe dos nossos sentidos. “QUO” visita a história e perspetiva o futuro do território.

INTERMEDIA
M/6 | 18 minutos

FICHA ARTÍSTICA
Storyboard: José Rui Veiga [Sinergias – Creative Media], Bruno Costa e Daniel Vilar [Bússola]
Consultoria Criativa: Bruno Costa e Daniel Vilar [Bússola]
Direção de Multimedia: José Rui Veiga [Sinergias – Creative Media]
Multimedia: Sinergias – Creative Media
Compositor: Hugo Correia
Direção de Orquestra: Paulo Martins
Interpretação: Orquestra de Jovens de Santa Maria da Feira
Direção de Movimento: Ballet Contemporâneo do Norte
Coros: CIRAC – Círculo de Cultura Arte e Recreio de Paços de Brandão