LEME – More than a festival, a new life for the Portuguese contemporary circus

And if the circus hadn’t limits but fits in everywhere? LEME is a festival of contemporary circus and artistic creation for unconventional places and will be presented on 2nd December 2017. This new festival will take place every year in December… taking the city of Ílhavo (Portugal) to a new innovative and bold artistic proposal.

From Ílhavo to anywhere! Born in the year of the official recognition of the Portuguese contemporary circus and street arts, LEME aims to be a place of encounters for any age, growing with the aims to build a new platform to connect the Portuguese creators and the international players, answering the wish of a sector in high speed evolution. In the other hand, this new festival plans to offer new opportunities for the national contemporary artistic creation in these languages, running a counterpoint and the encounter with the international trends and offering to the local audience a venture programme full of novelty.

Looking for a new positioning for the Portuguese sector of circus and street arts, LEME aims to support the debate and the discussion, promoting new visions and opportunities to think about new languages and plan new ways of work for the Portuguese players. During the presentation day, an informal discussion about the challenges on the artistic creation for circus arts will be promoted, gathering together Jesper Nikolajeff, from Circus Cirkor (Sweden), Johnny Torres, artistic director of La Central del Circ (Spain) and a representative of the Portuguese State Secretary for Culture to an interactive talk about Portugal, the new festival and the opportunities for the future.

This winter festival, organised by 23 Milhas, cultural project from the Municipality of Ílhavo, and Bússola, an entity specialized in the development of cultural and artistic projects with focus on circus and public space, will reinvent the contemporary circus with a proposal looking for the active transfiguration of current vision of the cultural spaces, focusing the multidisciplinary work and the difference. LEME will not forget the new Portuguese creation, with a special programme supporting the new circus creation from Portuguese artists and giving opportunities to public and professional presentation in an international level.

LEME is about opportunity, future and contemporary experiences. LEME is a new place of encounters and experiences. Ílhavo aims to be transformed in a place of contemporary artistic creation for circus arts.


10:00 – 12:00 | ADN – Artistic Development Nucleus | Oficina de Experimentação de Novo Circo | Foyer
14:00 – 15:00 | ADN – Artistic Development Nucleus | Oficina de Experimentação de Novo Circo | Foyer
15:00 | SÓ | SÓMENTE [PT/DE] | Foyer
15:30 | Apresentação LEME | Galeria de Exposições
16:00 | Conversa “Desafios na Criação Artística para o Circo Contemporâneo” | Galeria de Exposições
18:00 | Joa Gouveia | LICIUM [PT] | Subpalco | (*)
21:30 | La Trócola Circ | Emportats [ES] | Auditório | bilhetes/tickets: 5,00€
(*) acesso limitado aos 80 primeiros compradores do bilhete


E se o circo não tivesse limites, mas coubesse em todo o lado? O LEME – Festival de Circo Contemporâneo e Criação Artística em Espaços Não Convencionais, é apresentado no dia 2 de dezembro 2017, repete-se todos os anos, em dezembro, e dirige Ílhavo numa proposta artística inovadora e arrojada, que explora as linguagens do circo contemporâneo e da criação artística para espaços não convencionais.

Este festival de inverno, organizado pelo 23 Milhas, projeto cultural do Município de Ílhavo e pela Bússola, organização de desenvolvimento de projetos culturais e artísticos, reinventa o circo contemporâneo em espaços fechados, numa proposta de transfiguração ativa do habitual olhar do espaço cultural dos nossos tempos, abrindo portas a novas perspetivas artísticas, com foco na multidisciplinaridade e na diferença.

De Ílhavo para todo o lado. Além de ser um ponto de encontro para todas as idades, o LEME surge com a vontade de criar uma plataforma de contacto entre os criadores portugueses e a massa crítica internacional, respondendo aos desejos de um setor em manifesta evolução. Por um lado, o festival pretende representar um espaço de oportunidade para a criação artística contemporânea portuguesa nestes domínios, por outro promove o contraponto e o encontro com as tendências internacionais, oferecendo ao público uma programação ousada e plena de novidade.

O LEME é oficialmente apresentado no dia 2 de dezembro de 2017, na Casa da Cultura de Ílhavo, com um programa abrangente e aberto a todos, que inclui uma oficina, uma conversa e três espetáculos, que pretende mostrar o festival ao público e, simultaneamente, lançar o desafio à comunidade artística nacional para uma participação ativa num projeto envolvente e gerador de oportunidades.

APPLICATIONS ARE OPEN TO MAIS IMAGINARIUS 2018

In 2018, Imaginarius – International Street Theater Festival of Santa Maria da Feira gives space to the creativity of emerging artists from all over the world, through the competition of artistic creations for the public space – Mais Imaginarius.

Mais Imaginarius is a section of the Imaginarius festival that challenges national and international artists to present proposals that approach the public space in its most diverse perceptions, testing formats and models, towards the construction of new artistic identities.

The application period will run from October 9 to December 31, 2017.

The results of the selection will be announced until February 10, 2018.

Rules of Participation

Application Form


Em 2018, o Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira volta a dar espaço a artistas emergentes de todo o mundo, através do concurso de criações artísticas dirigidas ao espaço público – Mais Imaginarius.

O Mais Imaginarius é uma secção do festival Imaginarius que desafia os artistas, nacionais e internacionais, para a apresentação de propostas que abordem o espaço público nas suas mais diversas perceções, testando formatos e modelos, rumo à construção de novas identidades artísticas.

O período de candidaturas decorrerá de 9 de outubro a 31 de dezembro de 2017.

Os resultados da seleção serão divulgados até 10 de fevereiro de 2018.

Normas de Participação

Formulário de Candidatura

Platform Outdoor Arts Portugal presented in Germany and Spain

16 Portuguese companies represented in the largest European market of artistic creation for the public space

Outdoor Arts Portugal is a new independent platform, focusing on the Portuguese artistic creation for the public space, which aims at joining efforts for the growing of this artistic sector on an international scale. Broad promotion and sustainable development of the platform of information and collaborative projects for the public space is the most visible face of the concept, which also intends to play an active role in raising awareness and developing strategies of public investment, collaborate for integrated promotion and communication, promote networking and showcasing actions, not forgetting the main mission to research and observation of the sector.

Promoted by Bússola, the Outdoor Arts Portugal platform represents a turning point for the international communication of the street arts and contemporary Portuguese circus sector, after its recent unequivocal recognition in the new model supporting arts. The project will be presented in Essen, Germany, during a meeting of N.I.C.E. Network on September 6, and the next day will be presented at the inaugural moment of FiraTàrrega (Catalonia, Spain), the largest European market for artistic creation for public space.

Following this launch moment, Bússola carries in the suitcase 16 Portuguese companies with specific projects for the public space that will be presented and disseminated throughout the fair, from September 7 to 10, to an audience of more than a thousand professionals in the sector, from all over the world. A giant step towards the sustained professionalization of the sector and the international recognition of the artistic work developed in Portugal.

16 artists takes part of this firsts project of the Outdoor Arts Portugal platform:  Associação ADN; Companhia Instável; Companhia Persona; CRASSH; DRA/MAT; Erva Daninha; Fanfarra Káustika; GODOT; Maria de Melo Falcão e Vítor Fontes; Nuvem Voadora; P.I.A. – Projetos de Intervenção Artística; Projeto EZ; Teatro Art’Imagem; Teatro do Elefante; Teatro do Mar; e Teatro Só.


16 companhias portuguesas representadas no maior mercado europeu de criação artística para o espaço público

Outdoor Arts Portugal é uma nova plataforma, com foco na criação artística portuguesa para o espaço público, que visa a união de esforços para a solidificação de um setor artístico em pleno crescimento à escala internacional. A promoção alargada e o desenvolvimento, a médio prazo, de uma plataforma de informação artística e de projetos colaborativos para o espaço público é a face mais visível do conceito que pretende, ainda, ter um papel ativo ao nível da sensibilização e do desenvolvimento de estratégias de investimento público, colaborar para a promoção e comunicação integradas, promover ações de networking e showcasing, sem esquecer a missão essencial de investigação e observação do setor.

Promovida pela Bússola, a plataforma Outdoor Arts Portugal representa um momento de viragem para a comunicação internacional do setor das artes de rua e circo contemporâneo português, após o seu recente reconhecimento inequívoco, patente no novo modelo de apoio às artes. O projeto será apresentado em Essen, na Alemanha, no âmbito de um encontro da N.I.C.E. Network no dia 6 de setembro, sendo no dia seguinte publicamente apresentado no momento inaugural da FiraTàrrega (Catalunha, Espanha), o maior mercado europeu de criação artística para o espaço público.

Na sequência deste lançamento, a Bússola carrega na mala 16 companhias portuguesas com projetos específicos para o espaço público que serão apresentados e divulgados durante toda a feira, de 7 a 10 de setembro, para uma plateia de mais de um milhar de profissionais do setor, originários de todo o mundo. Um passo de gigante rumo à profissionalização sustentada do setor e ao reconhecimento internacional do trabalho artístico desenvolvido em Portugal.

Integram esta missão de divulgação internacional da plataforma Outdoor Arts Portugal 16 projetos artísticos multidisciplinares:  Associação ADN; Companhia Instável; Companhia Persona; CRASSH; DRA/MAT; Erva Daninha; Fanfarra Káustika; GODOT; Maria de Melo Falcão e Vítor Fontes; Nuvem Voadora; P.I.A. – Projetos de Intervenção Artística; Projeto EZ; Teatro Art’Imagem; Teatro do Elefante; Teatro do Mar; e Teatro Só.